Enfermedades más frecuentas

Retinoblastoma

Note por favor que os links das fontes de referência são em Inglês

Definição

Retinoblastoma é um tumor canceroso que cresce na retina, uma camada de tecido nervoso na parte de trás do olho que é sensível à luz e envia imagens para o cérebro.

Fonte : Kids Health

 

Orgão

O órgão afetado pelo retinoblastoma é a retina.

 

 

Sintomas

Um ou ambos os olhos podem ser afetados.

A pupila do olho pode parecer branca ou ter manchas brancas. Um brilho branco no olho é visto frequentemente em fotografias tiradas com um flash. Em vez do "olho vermelho" típico do flash, a pupila pode parecer branca ou distorcida.

 

Outros sintomas podem incluir:

  • Estrabismo
  • Visão dupla
  • Olhos que não alinham
  • Dor no olho e vermelhidão
  • Visão pobre
  • Cores de íris diferentes em cada olho

Se o tumor já se espalhou, dor óssea e outros sintomas podem ocorrer.

Fonte : Medline Plus

 

Frequência

Este tipo de tumor afeta mais frequentemente crianças menores de 6 anos de idade. É mais commumente diagnosticado em crianças de 1 a 2 anos de idade.

Fonte : Medline Plus 

Causas

O retinoblastoma é causado por uma mutação num gene que controla como as células se dividem. Como resultado, as células proliferam sem controlo e tornam-se cancerosas.

Em cerca de metade dos casos, esta mutação desenvolve-se numa criança cuja família nunca teve cancro dos olhos. Noutros casos, a mutação ocorre em vários membros da família. Se a mutação já está presente na família, há uma probabilidade de 50% de que os filhos de uma pessoa afetada também tenham a mutação. Essas crianças terão portanto um risco elevado de desenvolverem um retinoblastoma.

Source : Medline Plus 

 

Evolução

Se o tumor não se espalhou para além do olho, quase todas as pessoas podem ser curadas. No entanto, essa cura pode exigir tratamento agressivo e até mesmo a remoção do olho, a fim de ser bem sucedida.

Se o tumor se espalhou para além do olho, a probabilidade de uma cura é menor e depende como este se espalhou.

Pode ocorrer cegueira no olho afetado. O tumor pode-se espalhar para a cavidade orbitária através do nervo óptico. Também se pode espalhar para o cérebro, os pulmões e os ossos.

Fonte : Medline Plus 

 

Diagnóstico

Se existir suspeita de retinoblastoma, o médico encaminhará o seu filho a um oftalmologista pediátrico, um oftalmologista que examinará a retina dilatando o olho, às vezes sob anestesia geral. Ele ou ela também pode pedir exames de imagem, como um ultrasom do olho, uma tomografia computadorizada (TC), ou ressonância magnética (RMN), bem como exames de sangue.

Se for diagnosticado retinoblastoma, um oncologista pediátrico irá testar e verificar se o tumor  atingiu qualquer outro lugar do corpo da criança. Ele ou ela pode realizar testes de sangue, uma punção lombar ou uma biópsia da medula óssea. As amostras de tecido vivo, ou biópsias, raramente são usadas para diagnosticar o retinoblastoma porque podem provocar a disseminação das células cancerosas para além do olho.

Fonte : Kids Health 

Tratamento

Um oftalmologista pediátrico, oncologista pediátrico e terapeuta de radiação irão trabalhar juntos para tratar uma criança com retinoblastoma. Esta equipe irá realizar um plano individual para cada paciente com base na extensão da doença dentro do olho, se está presente num ou em ambos os olhos, e se ele se espalhou para além do olho.

 

Existem muitas formas de tratamento para o retinoblastoma - todos com o objectivo de eliminar as células tumorais. Podem ser recomendados um dos seguintes tratamentos, ou uma combinação dos mesmos:

Quimioteraia: Os medicamentos para eliminar os tumores são administrados por via oral, por injeção intramuscular ou por via intravenosa (numa veia).

Quimioterapia intra-arterial: em alguns casos, os médicos injetam medicamentos de quimioterapia no vaso sanguíneo que irriga o olho para obter a medicação no tumor de forma mais direta.

Radioterapia externa: Os feixes de radiação são  focados cuidadosamente no tumor para matar as células tumorais.

Braquiterapia: material radioativo (pequenas grânulos ou pellets) é colocado dentro do tumor para de forma a fornecer feixes de radiação para áreas específicas. Esta forma de tratamento minimiza o dano sobre o tecido saudável adjacente.

Placas radioativas: um disco é implantado no olho com uma dose de radiação aplicada diretamente no local do tumor.

Crioterapia: gases líquidos de nitrogénio ou argón — duas substâncias extremamente frias — são usados para congelar e destruir o tecido doente.

Termoterapia transpupilar: energia laser (através do uso de luz infravermelha) aquece as células tumorais e os vasos sanguíneos circundantes, o que leva à morte das células.

Fotocoagulação: a energia laser é direcionada aos vasos sanguíneos que envolvem o tumor, causando coágulos sanguíneos e privando as células tumorais de nutrientes.

Enucleação: Em casos graves de retinoblastoma, todo o globo ocular é removido para prevenir a disseminação de células tumorais para outras áreas do corpo.

Durante o tratamento do retinoblastoma, uma criança precisará de exames oculares periódicos (geralmente sob anestesia) para confirmar a eficácia do tratamento.

Fonte : Kids Health 

Imagens

Aspecto do fundo ocular com retinoblastoma

Fundus retinoblastoma

FonteSee page for author [CC BY 2.0], via Wikimedia Commons

 

Procurar Pro Visu